Proposta por Vereador Conrado, Audiência Pública sobre Saúde Regional é realizada

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Santos Dumont, 20 de maio de 2022
Mariana Figueiredo e Marcela Xavier

O serviço de saúde na Zona da Mata e Campo das Vertentes foi pauta da Audiência Pública realizada na última quinta-feira (19), na Câmara Municipal de Juiz de Fora (CMJF). O encontro foi proposto por meio de requerimento do Vereador Conrado (PT/MG), acatado pelo Presidente da CMJF, Vereador Juraci Scheffer (PT/MG) e aprovado por  unanimidade na Casa Legislativa. A Audiência reuniu representantes de diversas cidades da região, autoridades do Ministério Público, da Prefeitura de Juiz de Fora e da pasta de Saúde dos municípios.

Juraci Scheffer (PT/MG), abriu a audiência deixando claro que as barreiras enfrentadas atualmente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), tiveram seu início com a Emenda Constitucional 95/2016, que congelou os recursos para Saúde Pública e Educação. “Não bastasse essa situação que foi sacrificando toda nossa saúde pública, tivemos a pandemia de Covid-19, que virou o mundo de cabeça para baixo. […] Foi quando nós vimos o quanto o SUS é importante. Saúde não é gasto, é investimento.”

Vereador Conrado propôs criação de Comissão Regional de Saúde.

O Vereador Conrado começou seu discurso relembrando que Juiz de Fora recebe pacientes de toda a região e muitas vezes, esses pacientes são atendidos com recursos exclusivamente do Município. Conrado também citou os procedimentos de saúde que não são realizados em Santos Dumont, sendo encaminhados a Juiz de Fora, como colocação de marca-passos, cateterismo, cirurgia de ponte de safena, cirurgias pediátricas, hemodiálise, UTI neonatal, entre outros.

“Estamos percebendo que, principalmente, devido ao congelamento de investimentos em saúde, o atendimento tem sido difícil. Sabemos que o SUS salva vidas, comprovamos essa situação com a vacinação no enfrentamento a pandemia da Covid-19, então o SUS precisa de recursos para continuar salvando tantas vidas”, pronunciou o parlamentar que ainda propôs a criação de uma comissão que discuta com o Estado maiores recursos para a região.

De acordo com números divulgados durante a audiência pela Subsecretária de Regulação da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), Kele Aparecida Delgado da Fonseca, entre as cidades atendidas, Santos Dumont lidera o ranking de maior frequência de procedimentos ambulatoriais e ocupa o 2º lugar de maior frequência de internações em Juiz de Fora. Os dados revelaram também que nos últimos cinco meses, o número de pessoas que esperam por um procedimento em Juiz de Fora saltou de quatro mil para mais de seis mil pacientes.

Em todos os relatos das autoridades e da população presentes sobre o SUS, as principais queixas foram o tempo de espera para a realização de cirurgias eletivas e consultas especializadas, que são realizadas apenas em Juiz de Fora, e a falta de informação dos pacientes em relação a própria situação.

A solução sugerida por Rodrigo Ferreira de Barros, Promotor de Justiça, Defesa da Saúde, Idosos e Deficientes, foi a criação de um Portal da Transparência do SUS, em que o paciente possa saber quando seus procedimentos serão realizados: “Não temos a menor compreensão por parte dos usuários de quando as cirurgias serão realizadas. O Governo Municipal poderia, então, mantendo o sigilo do paciente, passar a eles qual seu número na fila de espera e uma estimativa de quanto tempo vai demorar”.

Além da discussão sobre o atendimento à população, foi levantada a situação dos profissionais de saúde que enfrentam a falta de uma estrutura adequada para o funcionamento das Unidades Básicas de Saúde. Rodrigo ainda pediu o apoio dos 94 municípios da macrorregião Sudeste para que haja uma maior valorização da atenção primária a saúde.

O portal da Câmara Municipal de Juiz de Fora destacou que a Audiência Pública sobre a Saúde Regional ocorreu em resposta à solicitação do Vereador Conrado e que a proposta de criação de uma Comissão Regional de Saúde feita pelo parlamentar foi apoiada pelo Secretário Municipal de Saúde de Juiz de Fora, Ivan Chebli.

Já o Jornal Tribuna de Minas ressaltou a fala do Vereador Conrado, que sugeriu que os Municípios da Zona da Mata e Campos das Vertentes criem uma Comissão Regional de Saúde para discutir questões emergenciais e viabilizar o repasse de recursos.

Ao final da audiência, o Vereador Juraci destacou que Conrado é um vereador sério, competente e atuante de Santos Dumont e disse que a proposta de montar uma comissão será acatada. O Vereador Conrado agradeceu ao Presidente da CMJF, Juraci Scheffer por ter conduzido a aprovação do requerimento na Casa Legislativa e a todos os Vereadores e Vereadoras da CMJF pela unanimidade na aprovação, o que possibilitou a realização da audiência.

Conrado ainda agradeceu ao Secretário Municipal de Saúde de Juiz de Fora, Ivan Chebli, por apoiar sua proposta para criação da Comissão. “Será um importante passo para a adoção de estratégias de desenvolvimento da saúde regional, fundamental para a busca de recursos compatíveis com as demandas atuais”.

Galeria de fotos:

Vereador Conrado Luciano Baptista (PT) participa da Audiência Pública sobre Saúde Regional na Câmara Municipal de Juiz de Fora
Vereador Conrado e o Presidente da Câmara Municipal de Juiz de Fora, Juraci Scheffer
Vereador Conrado, Vereadora Cida Oliveira (PT – Juiz de Fora), Vereadores Leonel Geraldo dos Santos (PRTB), Alselmo Leopoldino e Julimar Souza (PT), parlamentares de Matias Barbosa/MG
Vereador Conrado discursa na Câmara Municipal de Juiz de Fora
Cidadãos assistindo a Audiência Pública sobre Saúde Regional
Autoridades que participaram da Audiência Pública sobre a Saúde Regional

Imagens do Fotógrafo Leandro Paes Leme:

Vereador Conrado propõe a criação de uma Comissão Regional de Saúde durante sua fala, na Câmara Municipal de Juiz de Fora.
Momento de fala do Vereador Conrado na Audiência Pública sobre Saúde Regional na Câmara Municipal de Juiz de Fora.
A Subsecretária de Regulação da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), Kele Aparecida Delgado da Fonseca, e demais autoridades regionais de saúde participaram da audiência.
Vereador Conrado, o Promotor de Justiça, Defesa da Saúde, Idosos e Deficientes, Rodrigo Ferreira de Barros e demais autoridades da saúde regional
Audiência Pública sobre a Saúde Regional na CMJF